Chegou a ajuda que faltava para as provas do DETRAN!

10383493_245076688949992_2180943229459088729_nO VRUM Simulado oferece uma forma dinâmica de revisar o conteúdo prático e teórico dos exames para obtenção da Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

O aplicativo VRUM Simulado pode ser baixado gratuitamente. Para ter acesso ao conteúdo é necessário criar uma conta também grátis. Esta conta permite ao usuário o acesso irrestrito ao conteúdo teórico e a experimentação do conteúdo prático.

Para ter acesso também irrestrito ao conteúco prático basta adquirir o Passe VRUM, que você encontra na Agência de Trânsito, representante do simulado para o Rio Grande do Sul.

O Passe VRUM é um cartão que possui um código para liberação do conteúdo prático do VRUM Simulado. Ele possui validade de 90 dias e pode ser adquirido aqui. Após ativar o seu Passe VRUM, será possível o acesso irrestrito ao conteúdo prático em todas as plataformas disponíveis (Smartphones, Tablets, Web e PC).

Anúncios

Agência de Trânsito apoia Movimento Maio Amarelo

logomarca_com laço amareloO Movimento MAIO AMARELO nasce com uma só proposta: chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito de todo o mundo. E a Agência de Trânsito oficializou o apoio ao movimento, que tem a intenção de colocar em pauta o tema segurança viária e, mais do que chamar a atenção da sociedade sobre os altos índices de mortes, feridos e sequelados permanentes no trânsito no país e no mundo, mobilizar o seu envolvimento e também dos órgãos de governos, empresas, entidades de classe, associações, federações, sociedade civil organizada para, fugindo das falácias cotidianas e costumeiras, efetivamente discutir o tema, engajar-se em ações e propagar o conhecimento, abordando toda a amplitude que o tema exige, nas mais diferentes esferas.

Na carona do sucesso de outros movimentos, como o “Outubro Rosa” e “Novembro Azul”, os quais, respectivamente, tratam dos temas câncer de mama e próstata, o “MAIO AMARELO” estimula a promover atividades voltadas a conscientização, ao amplo debate das responsabilidades e avaliação de riscos sobre o comportamento de cada cidadão, dentro de seus deslocamentos diários no trânsito. E por isso, o seu símbolo não poderia ser diferente ao laço escolhido, na cor amarela, cuja simbologia em relação a conscientização no combate ao câncer de mama, de próstata (e a sua identificação precoce) e, até mesmo, ao vírus do HIV, está amplamente consolidada pela sociedade. A escolha propositada do laço como símbolo do Movimento vai ao encontro da necessidade da sociedade tratar os acidentes de trânsito como uma verdadeira epidemia e, consequentemente, acionar cada cidadão a adotar as cautelas e prudência hábeis a poupá-lo de ser uma vítima.

Maio – A escolha pelo mês de maio justifica-se por se tratar de um mês histórico para a segurança no trânsito e um marco mundial para o balanço das ações realizadas em todo o mundo. Foi no dia 11 de maio de 2011 que a ONU decretou a Década de Ações para a Segurança no Trânsito (2011-2020), que tem como meta a redução de 50% dos acidentes no Brasil e no mundo. No Brasil, o número de mortes no trânsito no Brasil é de aproximadamente 23 por 100 mil habitantes. O horizonte da Política Nacional de Trânsito (PNT) para dezembro de 2014 é de reduzir este índice para 11 mortes para cada 100.000 habitantes. Também é em maio realizada desde 2013 a Semana Mundial de Segurança do Pedestre, também chamada de Campanha Zenani Mandela, em memória da neta de Nelson Mandela, vítima fatal do trânsito na África do Sul em 2010, com apenas 13 anos. O amarelo é em alusão à sinalização de advertência, que também simboliza atenção.

Vale ressaltar que o MAIO AMARELO, como o próprio nome traduz, é um movimento, uma ação, não uma campanha, ou seja, cada cidadão, entidade ou empresa pode utilizar o laço do “MAIO AMARELO” em suas ações de conscientização tanto no mês de maio, como, na medida do possível, durante o ano inteiro. A motivação para o Movimento MAIO AMARELO não é novidade para a sociedade. Muito pelo contrário, é respaldada em argumentos de conhecimento público e notório, mas comumente desprezados sem a devida reflexão sobre o impacto na vida de cada cidadão. Mais informações no www.maioamarelo.com.br.

Curso Mobilidade Urbana: o gerenciamento da circulação viária

folder curso Otávio

Acontece em Porto Alegre/RS, nos dias 19 e 20 de março o primeiro módulo do curso Mobilidade Urbana: o gerenciamento da circulação viária. Com o apoio da Agência de Trânsito, o curso aborda, principalmente, a sinalização viária (vertical, horizontal, dispositivos auxiliares).

É indicado para os gestores de circulação, engenheiros, arquitetos, técnicos e estudantes destas áreas e possui a coordenação do Engº João Otavio Marques Neto, Conselheiro CREA-RS/CEE. Mais informações pelo e-mail otavio.sinaleiro@gmail.com.

Métodos e Técnicas Educativas para a Mobilidade Segura

folder curso Irene Rios

Objetivos: proporcionar a aquisição de conhecimentos sobre conteúdos, métodos e técnicas educativas de trânsito, para o desenvolvimento de aulas, palestras, campanhas educativas e demais atividades em prol da mobilidade segura.

Público-alvo:  gestores de trânsito, coordenadores de educação para o trânsito, professores, supervisores, orientadores e demais interessados nos temas. (Turmas com até 40 participantes).

Mais informações aqui.